As palavras que Eu vos tenho dito são espírito e são vida. – João 6:63

A Bíblia não foi escrita apenas para os eruditos; pelo contrário, destina-se as pessoas comuns. As grandes verdades indispensáveis para a salvação são apresentadas com a clareza do sol do meio-dia: ninguém errará nem se perderá no caminho, exceto os que seguirem seus próprios julgamentos, em vez da vontade revelada de Deus.

Não devemos aceitar o testemunho de homem algum quanto aos ensinamentos das Escrituras, mas devemos estudar por nós mesmos as palavras de Deus. Se permitirmos que outros pensem por nós, nossa energia e as habilidades que adquirimos se atrofiarão. Os poderes nobres da mente poderão ficar tão debilitados pela falta de exercício nos temas que mereçam concentração que poderão perder a capacidade de compreender o profundo significado da Palavra de Deus. A mente se expandirá se for empregada para verificar como os assuntos da Bíblia se relacionam entre si, e na comparação de passagem com passagem, coisas espirituais com coisas espirituais.

Nada há mais apropriado para fortalecer o intelecto do que o estudo das Escrituras. nenhum outro livro é tão capaz de elevar nossos pensamentos e dar vigor às faculdades como as grandiosas e enobrecedoras verdades da Bíblia. Se a Palavra de Deus fosse estudada como deveria ser, as pessoas teriam a mente mais esclarecida e firmeza de propósito, coisas raramente vistas nos dias de hoje.

É muito pequeno o benefício que se tira de uma leitura apressada da Bíblia. Pode=se ler a Bíblia inteira sem que se veja sua beleza ou se compreenda sua profundidade, nem seus significados escondidos. Tem mais valor uma passagem estudada até que seu significado fique claro, e sua relação com o plano da salvação se torne evidente, do que percorrer os olhos por vários capítulos sem um propósito definido e sem que se obtenha alguma instrução. Esteja sempre com sua Bíblia. Leia-a sempre que tiver oportunidade; decore as passagens. Mesmo andando pelas ruas, você pode ler uma passagem e meditar sobre ela, fixando-a na mente.

Não podemos obter sabedoria sem fervorosa atenção e estudo acompanhado de oração. […] Deve haver cuidadosa pesquisa, reflexão e oração. Um estudo assim será ricamente recompensado. […] A Bíblia nunca deveria ser estudada sem oração. Antes de abrir suas páginas, devemos pedir a iluminação do Espírito Santo, e a receberemos.                             – EGW, CC, p.89-91estudando-a-biblia-2