Disse Josué ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós. – Josué 3:5

O rio Rubicão, no norte da Itália, marcava a fronteira entre a província romana da Gália Cisalpina e a Itália em si, que era controlada diretamente por Roma. Nenhum general das províncias romanas tinha permissão de adentrar o país como chefe de suas tropas. Fazer isso era considerado crime capital. Entretanto, em 10/01/49 a.C., Júlio César atravessou intencionalmente o Rubicão com sua legião, dando início a uma guerra civil. Pompeu e muitos outros membros do Senado fugiram de Roma com medo. A expressão”atravessar o Rubicão” foi derivada desse episódio e se refere a tomar uma decisão difícil, da qual não há volta.

Muitos séculos antes, os israelitas também chegaram às margens do rio Jordão, e precisavam cruzá-lo para alcançar a terra prometida. Era a época do ano na qual o rio estava transbordando “sobre todas as suas ribanceiras” (Josué 3:15). Não havia pontes nem barcos disponíveis. O único elemento capaz de sustentá-los naquele momento crucial era a fé na palavra infalível de Deus. “Disse Josué ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o Senhor fará maravilhas no meio de vós” (Josué 3:5). Deus abriu as águas do rio, e os israelitas o atravessaram em terra seca.

A travessia do Jordão inspirou numerosos sermões e muitas músicas. Esse acontecimento dramático demonstra que Deus é capaz de resolver até nossos problemas mais insolúveis. Assim como no caso dos israelitas, também necessitamos confiar em Deus, nos consagrar a Ele e então permitir que o Senhor realize Seus planos em nossa vida. A fé é uma condição básica para que Jesus possa agir com eficácia em nós, conforme Ele disse a Marta: “Não te disse Eu que, se creres, verás a glória de Deus?” (João 11:40).

Outros autores já destacaram o paralelo entre a jornada dos israelitas na travessia do Jordão em direção à terra de Canaã e a viagem final dos santos saindo deste mundo para o Monte Sião celestial (Apocalipse 14:1). “Nunca mais terão fome, nunca ais terão sede. Não os afligirá o Sol, nem qualquer calor abrasador, pois o Cordeiro que está no centro do trono será o seu Pastor; Ele os guiará às fontes de água viva. E Deus enxugará dos seus olhos toda lágrima” (Apocalipse 7:16-17). Você e eu precisamos estar lá também!                       – Alberto Timm, Um Dia Inesquecível, MM 2018.