Naquele dia o povo que vive deste lado do mar dirá: ‘Vejam o que aconteceu com aqueles em quem confiávamos, a quem recorremos para nos ajudar e livrar do rei da Assíria! E agora? Como escaparemos? – Isaías 20:6

Em Isaías 20, o profeta, conforme orientação de Deus, usa um símbolo para mostrar o que aconteceria com o Egito e a Etiópia, em quem depositavam confiança para livrá-los dos assírios.

1 No ano em que o general Tartã (comandante) enviado por Sargom, rei da Assíria, atacou Asdode, na Filístia, e a conquistou; 2 nessa mesma ocasião o Senhor falou por meio de Isaías, filho de Amoz, e disse: “Tire o pano de saco do corpo e as sandálias dos pés”. Ele obedeceu, e passou a andar nu e descalço (sinal de humilhação, vergonha  e privação).

3 Disse então o Senhor: “Assim como o meu servo Isaías andou nu e descalço durante três anos, como sinal e advertência das dificuldades terríveis que trarei contra o Egito e a Etiópia, 4 assim também o rei da Assíria, para vergonha do Egito, levará nus e descalços os prisioneiros egípcios e os exilados etíopes, jovens e velhos, com as nádegas descobertas.  5 Os que confiavam na Etiópia e se vangloriavam no Egito terão medo e ficarão decepcionados. 6 Naquele dia o povo que vive deste lado do mar (Palestina, Filístia e Fenícia) dirá: ‘Vejam o que aconteceu com aqueles em quem confiávamos, a quem recorremos para nos ajudar e livrar do rei da Assíria! E agora? Como escaparemos? ’ “

Estas nações depositavam todas as suas esperanças no exército egípcio e seus aliados, os etíopes, mas ficaram decepcionados, pois eles foram vencidos e levados cativos pelos assírios. Se esses exércitos foram assim vencidos pelos assírios, e humilhados, sendo levados nus para o cativeiro, o que seria deles então. Quando depositamos as nossas esperanças no ser humano, ao invés de buscar auxílio em Deus, nossas esperanças serão frustradas. O Senhor dos Exércitos é a nossa única salvaguarda.