Ontem assisti ao filme “Primeiro da Classe” ou “Front of the Class”. Achei ótimo, pois conta a história de uma criança que lutava desde os seis anos contra a Síndrome de Tourette, uma doença que poucos conheciam, e que fazia com que a criança tivesse tiques nervos e barulhentos, dando a impressão para seus colegas e professores, que ele estava procurando chamar a atenção para si, através dos ruídos emitidos.

A criança enfrenta até a rejeição do próprio pai, que também achava que ele fazia aquilo para o provocar, e que, se quisesse, poderia controlar os tiques nervosos. Ele carregou essa síndrome por toda a vida, e teve como alvo ser professor, especialmente para ensinar as crianças a lidarem com as diferenças. Se inspirou em um dos diretores de uma dentre as muitas escolas por onde passou (logo ia para a diretoria por atrapalhar as aulas, e tinha que mudar de escola), que o ajudou, dando-lhe uma oportunidade de explicar para todos os colegas o que acontecia com ele. Sempre contou com o apoio de sua mãe, que foi pesquisar sobre os problemas que o garoto tinha, até descobrir a doença.

Teve muitos desafios na vida, mas se superou e conseguiu alcançar seu objetivo, e foi considerado uma dos melhores professores de todo o estado, nos EUA, apesar de sua “amiga inseparável”. Baseado em fatos reais, deve ser assistido com toda atenção, pois muitas vezes você pode conhecer alguém que sofra esse problema, e que precisa de sua ajuda e compreensão, para não sofrer mais ainda. Assista e indique para seus conhecidos.