Ah, espada do Senhor, quando você descansará? Volte à sua bainha, acalme-se e repouse. – Jeremias 47:6

Em Jeremias 47, o profeta, dando sequência as dez declarações poéticas acerca de várias nações e tribos, iniciados no capítulo 46, anuncia a destruição dos filisteus, nação do gigante Golias.

Esta é a palavra do Senhor que veio ao profeta Jeremias acerca dos filisteus, antes do ataque do faraó a Gaza: Assim diz o Senhor: Vejam como as águas estão subindo do norte; elas se tornam uma torrente transbordante. Inundarão esta terra e tudo o que nela existe; as cidades e os seus habitantes. O povo clamará, gritarão todos os habitantes desta terra, ao estrondo dos cascos dos seus cavalos galopando, ao barulho dos seus carros de guerra, e ao estampido de suas rodas. Os pais não se voltarão para ajudar seus filhos, porque suas mãos estarão fracas. (v.1-3)
Pois chegou o dia de destruir todos os filisteus e de eliminar todos os sobreviventes que poderiam ajudar Tiro e Sidom. O Senhor destruirá os filisteus, o remanescente da ilha de Caftor (Creta). Os habitantes de Gaza raparam a cabeça; Ascalom está calada. Ó remanescente da planície, até quando cortará a si mesmo em sinal de lamento? “Ah, espada do Senhor, quando você descansará? Volte à sua bainha, acalme-se e repouse.” Mas como poderá ela descansar quando o Senhor lhe deu ordens, quando determinou que ataque Ascalom e o povo que vive no litoral? (v.4-7)

Por muito tempo os filisteus perseguiram o povo de Deus, e agora receberiam uma retribuição justa. Depois da época de Davi eles desempenharam papel de menor importância nos assuntos de Israel. Mas sempre foram uma pedra no sapato de Israel. Chegou a hora de seu acerto de contas com Deus. Todos nós, um dia, compareceremos perante Deus, onde seremos perdoados se andamos nos caminhos do Senhor, ou destruídos, se as nossas escolhas foram contrárias a vontade de Deus. 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA