Sendo o caminho dos homens, agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos. Provérbios 16:7

Todos os dias. Por onde você for, em qualquer esquina da vida, aparece alguém tentando derrubá-lo. Às vezes sem motivo, por pura inveja ou simplesmente por má vontade. Quando o inimigo é visível você se cuida, se defende, se protege. Mas o que acontece quando você não sabe onde ele está? Como reagir quando ele anda disfarçado de amigo ou se esconde no círculo mais próximo de você?

O provérbio de hoje explica a maneira como Deus pode tornar os inimigos, em amigos. Deus não usa um “passe de mágica” como muitas vezes gostaríamos que acontecesse. Ele não toca o coração do inimigo e o problema fica resolvido, não. Nós, os seres humanos, gostamos de “milagres” instantâneos. Seguimos a lei do menor esforço, esperamos tudo vindo dos céus.

Mas as coisas com Deus nem sempre são assim, Ele responde o clamor dos Seus filhos. Está pronto a tornar seus inimigos em amigos, mas usa um instrumento chamado “ser humano,” você.

O provérbio de hoje afirma que “sendo o caminho dos homens agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos.” Você percebe que o instrumento que Deus usa aqui é o próprio caminho do homem? Um caminho “agradável ao Senhor”, é um caminho sem ódio, nem rancor, nem mágoa contida. Tudo isto é veneno que destrói a alma. Um coração envenenado não está em condições de receber o inimigo como amigo. O rancor, gera rancor, o ódio provoca ódio e a mágoa alimenta ambos.

Quando você vai a Jesus e convive com Ele, o caráter do Mestre se reproduz em você e aí você pode pagar o mal com o bem e pode orar a Deus dizendo: “Perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.”

Quando você permite que o Senhor habite no seu coração, Ele usa o seu caminho, seu testemunho de amor e sua humildade para tocar o coração do seu inimigo e os olhos deste se abrem para compreender que é seu inimigo sem motivo. Aí acontece o milagre. Já vi muitas vezes gente dura e intransigente, pedindo perdão e reconhecendo que errou.

Por isso, peça hoje a Deus que lhe dê um coração capaz de perdoar e de amar aos inimigos gratuitos,  porque “sendo o caminho dos homens agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos.” – Alejandro Bullón, Janelas para a vida, MM 2007

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA