… também os levarei ao meu santo monte e os alegrarei na minha Casa de Oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar, porque a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos.                – Isaías 56:7

No capítulo 56, o profeta saías exorta à santificação. Promete que isso é para todos sem acepção e também fala contra os atalaias cegos. O pensamento central de Isaías 56 é a conversão dos gentios. Em contraste com essa brilhante perspectiva, traça-se o sombrio quadro de Israel, que não está disposto a recebê-los.

Bênção para todas as nações:

Assim diz o Senhor: Mantenham a justiça e pratiquem o que é direito, pois a minha salvação está perto, e logo será revelada a minha retidão (religião não é mera teoria, mas prática intensa). Feliz aquele que age assim, o homem que nisso permanece firme, observando o sábado para não profaná-lo (era tão importante para os gentios como para os judeus), e vigiando sua mão para não cometer nenhum mal. (v.1-2)

Que nenhum estrangeiro que se disponha a unir-se ao Senhor venha a dizer: “É certo que o Senhor me excluirá do seu povo” ( tanto os gentios convertidos como os judeus tinham os mesmos privilégios e as mesmas obrigações).E que nenhum eunuco se queixe: “Não passo de uma árvore seca”. Pois assim diz o Senhor: Aos eunucos que guardarem os meus sábados, que escolherem o que me agrada e se apegarem à minha aliança, a eles darei, dentro de meu templo e dos seus muros, um memorial e um nome melhor do que filhos e filhas, um nome eterno, que não será eliminado. (v.3-5)
E os estrangeiros que se unirem ao Senhor para servi-lo, para amarem o nome do Senhor e prestar-lhe culto, todos os que guardarem o sábado deixando de profaná-lo (não só os judeus, mas todos que aceitarem ao Senhor), e que se apegarem à minha aliança, esses eu trarei ao meu santo monte e lhes darei alegria em minha casa de oração. Seus holocaustos e demais sacrifícios serão aceitos em meu altar; pois a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos (e não um covil de salteadores como os judeus estavam fazendo). Palavra do Soberano, do Senhor, daquele que reúne os exilados de Israel: “Reunirei ainda outros àqueles que já foram reunidos”. (v.6-8)
Condenação dos líderes pecadores:
Venham todos vocês, animais do campo (nações estrangeiras); todos vocês, animais da floresta, venham comer!  As sentinelas de Israel, os vigias do meu povo estão cegas e não têm conhecimento (aqueles que deveriam instruir o povo, seus líderes espirituais); todas elas são como cães mudos, incapazes de latir. Deitam-se e sonham; só querem dormir. São cães devoradores (devoravam as próprias ovelhas de que deveriam cuidar), insaciáveis. São pastores sem entendimento; todos seguem seu próprio caminho, cada um procura vantagem própria. “Venham”, cada um grita, “tragam-me vinho! Bebamos nossa dose de bebida fermentada, vamos nos embebedar, que amanhã será como hoje, vamos fazer a mesma coisa, e até muito melhor!” (v.9-12)

O propósito de Deus era que o templo, e sua igreja hoje, fossem conhecidos como Casa de Oração, mas os judeus fizeram dela “um covil de salteadores”(Jeremias 7:11; Lucas 19:46). Se Israel tivesse sido fiel, pessoas de todas as nações teriam ido a Jerusalém para louvar a Deus; mas, devido a transgressão, os judeus foram finalmente rejeitados, e o templo destruído. Deus continua querendo que sua mensagem seja levada a todos, independentemente de raça, cor…

2 COMENTÁRIOS

  1. Israel nunca foi rejeitado ha varias escrituras que fala sobre isso
    leia o livro todo de oseias
    leia a parabola sa figueira seca
    e leia romanos cap 9 a 11

    • Ola Alessandra! Obrigado por seu comentário! É preciso lembrar de que essas promessas eram condicionais, e Israel não cumpriu com sua parte. Eles realmente continuam sendo a menina dos olhos de Deus, mas, como povo escolhido de Deus para a pregação da Palavra de Deus, foram substituidos pelo Israel atual, aquele que o é de coração. Deus nunca desiste de seus filhos, por mais longe que eles tenham ido. Por exemplo, Deus disse que sempre haveria um descendente de Davi no trono, e isso não ocorre mais, pois seus descendentes não andaram em suas pegadas, com raras exceções.
      Qualquer duvida, estou a disposição. Deus te abençoe!

DEIXE UMA RESPOSTA