NÚMEROS 14 – A REBELIÃO DO POVO E A INTERCESSÃO DE MOISÉS

0
908

O Senhor disse a Moisés: “Até quando esse povo me tratará com desprezo? Será que nunca confiarão em mim, mesmo depois de todos os sinais que realizei entre eles?”. – Números 14:11

Em Números 14, diante do relatório dos 10 espias, que viam ser impossível entrar na terra prometida, o povo se rebela contra Moisés e Arão, e contra Deus, e resolvem retornar ao Egito (v.1-4).

Moisés e Arão se curvam com rosto em terra, buscando a direção de Deus. Josué e Calebe pedem para que usem o bom senso e marchem para a terra prometida, pois “se o Senhor se agradar de nós, nos levará em segurança até ela e a dará a nós”. Mas eles decidem apedrejar os dois espias fiéis a Deus (v.5-10).

Deus aparece em cena, e conversa com Seu fiel servo Moisés. Promete destruir o povo, e fazer de Moisés um povo maior e mais poderoso (v.10-12). A intercessão de Moisés pelo povo é algo fora de série. Os seus argumentos são convincentes, e Deus muda parcialmente os planos. Atenderá o pedido do povo que dissera: “era melhor ter morrido no deserto” (v.2), e avisa que todos os maiores de 20 anos, a exceção de Josué e Calebe, morrerão no deserto (v.13-30).

Afirma a Moisés e Arão: “Eles disseram que seus filhos seriam feitos prisioneiros de guerra, mas eu os farei entrar na terra em segurança, e desfrutarão daquilo que os rebeldes desprezaram”. Andariam sem rumo pelo deserto por 40 anos, um ano para cada dia em que foram espiar a terra, mas seus pais morreriam no deserto (v.31-35).

Os 10 espias, que desanimaram o povo, comandaram a rebelião contra Moisés e Arão, e tentaram apedrejar Josué e Calebe, foram mortos instantaneamente de uma praga enviada por Deus (v.36-38).

Ao Moisés avisar ao povo de que não entrariam mais na terra prometida, eles se entristeceram, e resolveram ir por conta própria tomar a terra, mas foram alertados a não fazer isso, pois Deus “não estará com vocês, e seus inimigos os aniquilarão! Porque abandonaram o Senhor, ele os abandonará”. Mas ignoraram as palavras de Moisés e foram derrotados pelos inimigos (v.39-45).

Deus tem planos para o Seu povo. Agora não mais a Canaã terrestre, mas a celeste está diante de nós. Estamos as portas da cidade santa, como eles estavam as portas da terrestre. Não sejamos rebeldes ao Senhor. Falta muito pouco.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA