Bem, estou completando 11 meses a frente de meu empreendimento, uma loja de Produtos Naturais, em São José dos Campos, e tenho a dizer que não é fácil você ter um ideal, e levá-lo adiante. Foram meses de muita luta, divulgação, promoções, mas parece que nada motiva o povo a mudar os hábitos, ir em busca de algo mais saudável para a saúde. Na maioria dos meses tive que completar o valor para o pagamento das despesas, ou seja, nada de lucro até aqui.

Muitas pessoas vieram conhecer a loja e também diversas delas fizeram suas compras, mas ou são praticantes de uma alimentação mais saudável, ou estão muito doentes e os médicos os intimaram a mudar hábitos, mas o povo quer fazer as mudanças bem aos poucos… sentem dificuldade de abrir mão de qualquer coisa de que estão habituados há anos… é difícil arrancar o mal pela raiz… Muitas pessoas com osteoporose não querem crer que o açúcar seja o grande vilão… Outras com rinite, sinusite, e outros “ites”, não creem que o leite possa fazer isso com eles… são anos e mais anos de cultura dizendo que ambos significam saúde… esse é o poder da mídia sobre os que não procuram se informar melhor sobre os benefícios e malefícios que esses “alimentos” produzem na saúde das pessoas.

Parece uma luta inglória, onde os vilões permanecem firmes em seus postos, destruindo a saúde do povo, e você sai de cena derrotado… Vamos resistindo bravamente, pois muitas estatísticas de empresas dizem que você só consegue sair do vermelho depois de um ano de atividades… falta pouco… mas ainda não vejo a luz do final do túnel… Só por Deus para chegar até aqui…

Aguardem a próxima etapa.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorOs três reis magos…
Próximo artigoA criação – Gênesis 1
Alipio de Almeida, 57 anos, casado desde 1974. Agora, em 2016, estou com 65 anos. Pai de 3 filhos queridos, e bem casados, já tenho 5 netos, mais uma a caminho, e tenho um cachorro doidão, o Freud. Administrador de empresas e analista de sistemas, aposentado. Proprietario orgulhoso de um Logan 1.6 2009. Aguardando ansiosamente pela volta de Jesus.