DEUTERONÔMIO 7 – O PRIVILÉGIO DA SANTIDADE

0
2227

Vocês são um povo santo que pertence ao Senhor, seu Deus. Dentre todos os povos da terra, o Senhor, seu Deus, os escolheu para serem sua propriedade especial. Deuteronômio 7:6

Em Deuteronômio 7, Moisés fala sobre o privilégio da santidade: “Vocês são um povo santo que pertence ao Senhor, Seu Deus. Dentre todos os povos da terra, o Senhor, seu Deus, os escolheu para serem sua propriedades especial.” (v.6). Esse privilégio envolve fidelidade da parte do povo para com Deus, e o Senhor cobra essa dedicação. Também explicou os motivos de os ter escolhidos, e não foi por “serem mais numerosos que outras nações, pois vocês eram a menor de todas as nações!”. Mas, foi porque o Senhor “os amou e foi fiel ao juramento que fez a seus antepassados” (v.7-8).

Eles teriam que enfrentar nações muito maiores e mais bem armadas que eles, mas nada deviam temer porque o Senhor iria a frente de seus exércitos. Deveria destruir totalmente essas nações e suas fontes de idolatria. Não deveriam tomar os filhos e filhas dessas nações para casamento, pois fariam” seus filhos se afastarem de mim para adorar outros deuses” (v.1-6).

A fidelidade a Deus e a guarda de Seus estatutos fariam com que Deus cumprisse sua aliança de amor para com eles, seriam ricamente abençoados com fertilidade, tanto eles como as suas criações, e também teriam produções fartas de alimento. Seu povo não seria estéril nem ficariam doentes (v.12-15).

“Destruam todas as nações que o Senhor, seu Deus, lhes entregar. Não tenham pena delas, nem adorem seus deuses”. Destruam a tudo e a todos, para não caírem na idolatria. Queimem os ídolos dessas nações, e não cobicem o ouro e a prata que os revestem. Isso seria uma armadilha para levá-los para longe do Senhor (v.21-26).

Deus estava ordenando a destruição das nações que estavam no território que Ele deu para o povo de Israel, devido a idolatria dos mesmos. Eles haviam se degenerado, praticando crimes hediondos, como o de queimar crianças aos seus deuses. Qualquer coisa que tire o nosso foco do Senhor, deve ser destruído, pois temos uma tendência enorme para os prazeres da carne em detrimento a adoração ao Senhor.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA