PREGAR E VIVER – MM 2019

0
356

Efraim se mistura com os povos e é um pão que não foi virado. Oseias 7:8

Nos últimos anos, temos realizado grandes movimentos missionários. Multidões têm ido às ruas no Impacto Esperança e em projetos regionais e locais. Esse é nosso chamado, pois quem não ama a missão deve duvidar da própria
salvação. Ou como diz o evangelista alemão Reinhard Bonnke: “Não pregar o evangelho significa que estamos escondendo o remédio do paciente.”

Por outro lado, enquanto avançamos no cumprimento da missão, tenho refletido em nossa situação como igreja. Estamos evangelizando e ao mesmo tempo nos tornando mais sólidos? Estamos preocupados em oferecer, mas também em viver a mensagem que pregamos? Com preocupação, LeRoy Froom já alertava: “Enquanto a igreja evangeliza o mundo, o mundo seculariza a igreja.” Essa não pode ser nossa realidade!

Vamos conquistar multidões para o reino dos Céus, mas precisamos chegar lá com elas. De maneira nenhuma podemos correr o risco de pregar a outros e ao final sermos desqualificados (1Co 11:27).

Não podemos enfraquecer o cumprimento da missão; mas, ao mesmo tempo, precisamos fortalecer nosso compromisso com um estilo de vida bíblico, cristão e adventista. Só assim teremos um crescimento completo. Temos que pregar, mas, ao mesmo tempo, viver. Precisamos continuar sendo o remanescente da profecia bíblica, que está no mundo, mas não é do mundo.

Oseias apresenta Efraim como um “pão que não foi virado”. Em outras palavras: bem assado de um lado e quase cru do outro. É o risco que pode afetar a igreja se não encontrar o equilíbrio correto. Podemos nos tornar fortes na missão e frágeis na identidade. Não podemos nos iludir; pois, como disse Emílio Abdala, “a igreja faz mais pelo mundo quando se parece menos com o mundo”. Quando tentamos ser iguais pensando em conquistá-los, definitivamente nos enfraquecemos. Ellen White foi clara sobre como podemos cumprir a missão com eficácia: “Uma vida semelhante à de Cristo é o mais poderoso argumento que pode ser apresentado em favor do cristianismo” (Testemunhos Seletos, v. 3, p. 290). Por isso, precisamos pregar e viver!

Quero desafiar você a aprofundar a caminhada com Deus e torná-la visível em seu estilo de vida. Só assim poderemos pregar e viver na certeza de que aquele que faz a obra de Deus, usando os métodos de Deus, alcançará os resultados de Deus.

Erton Köhler, Nossa Esperança, MM 2019, CPB

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA